Meu Planner Financeiro

REALIZE OS SEUS SONHOS! ADQUIRA O SEU E COMECE A ORGANIZAR AS SUAS FINANÇAS JÁ!

A ECONOMISTA EXPLICA

Entendendo a Taxa Selic

domingo, 24 de setembro de 2017

Mercado de Beleza Masculino - participação em matéria no Jornal da Pampa


Por muito tempo dominado pelo público feminino, o mercado de beleza tem contado com a forte participação de um público que chega ainda um pouco tímido na hora de se preocupar com os cuidados pessoais: os homens.

O público masculino busca praticidade em produtos multifuncionais e resultados rápidos em um ambiente onde ele se sinta bem, também é muito fiel e divulga entre os amigos e colegas quando realmente gosta do serviço. De olho nisso, o mercado de beleza masculino tem chamado a atenção da indústria, tem demonstrado muito interesse em agradar esses novos clientes criando espaços e linhas específicas para os cuidados pessoais, que só no Brasil já corresponde a 30% do movimento no setor de beleza.

O povo brasileiro está entre os que mais cuida da aparência no mundo e todo esse cuidado acaba se refletindo no bem-estar e na saúde. Desta forma, o mercado de cosméticos e beleza voltado para o público masculino só tem a crescer, segundo dados da empresa Euromonitor International, provedora global de inteligência estratégica de mercado. Nos últimos cinco anos, o setor de beleza masculina teve um boom e deve continuar crescendo a uma taxa de 7,1% ao ano até 2019, quando deve se tornar o maior mercado do mundo na categoria, movimentando US$ 6,7 bilhões em vendas. Atualmente, o Brasil só perde para os Estados Unidos e o Japão.

Com este movimento, locais específicos para os cuidados pessoais e que deixem o cliente à vontade são mais procurados, tais como as clássicas barbearias e as que possuem um formato atual: que agregam mais serviços e espaços de lazer. As barbearias com estas características têm conquistado clientes e apresentado grande crescimento no mercado. O que há alguns anos era uma tendência, agora já está se consolidando no mercado atraindo os clientes pela experiência de um bom atendimento em um ambiente próprio e multitarefas.

Confira a matéria feita em Porto Alegre, pelo Jornal da Pampa, que tive o prazer de participar.



Agradeço a equipe de reportagem pela atenção.

Equipe da Rede Pampa

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Carsharing - veja 5 benefícios do compartilhamento de veículos

Oi, gente!

Recebi uma informação muito legal e resolvi compartilhar com vocês: 5 benefícios do compartilhamento de carros. 

Já ouviram falar disso?
Você usa um carro sem a preocupação de TER um e o recurso fica disponível para o uso de mais pessoas! Ou seja, o compartilhamento facilita o acesso a veículos e desestimulam a aquisição desse bem nos casos em que se faz um uso pontual do automóvel. Temos os benefícios de um carro particular sem a necessidade de arcar com os custos de ser dono do automóvel, como impostos, seguro, depreciação, estacionamento mensal, manutenção e combustível.



·         5 benefícios do compartilhamento de carros

1. Melhora no trânsito
A diminuição da quantidade de carros nas vias deixa o trânsito mais fluído e menos estressante, impactando positivamente na mobilidade urbana e na qualidade de vida da população. A relação entre estes dois itens já foi comprovada: em cidades onde o tempo de deslocamento é pequeno e o período gasto no congestionamento é mínimo as pessoas vivem melhor.

2. Redução da poluição do ar
Outro efeito direto e já observado em cidades que estimulam a redução do número de carros é o impacto positivo na qualidade do ar. Os veículos são um dos principais causadores da poluição nos centros urbanos, pois as substâncias emitidas na queima do combustível são nocivas ao meio ambiente e à saúde. O monóxido de carbono é tóxico e pode provocar até alterações do sistema nervoso central, enquanto os outros gases presentes na fumaça dos carros podem causar danos aos pulmões e a outros órgãos do aparelho respiratório.

3. Diminuição da área de estacionamento
Os carros não "lotam" somente as ruas, eles também ocupam muitos outros espaços da cidade que poderiam ser aproveitados para outros fins. 25% da área construída na cidade é vaga de estacionamento.
Uma cidade "construída" para os carros e não para as pessoas claramente não atende às necessidades dos seus habitantes. Nesse sentido, o compartilhamento de veículos também pode ser importante: além de reduzir o número de novas aquisições, os carros já em circulação acabam tendo mais uso, o que minimiza o tempo que eles ficam parados, demandando assim menos espaço de estacionamento.

4. Cria laços de amizades
Os sistemas de compartilhamento também ajudam na retomada do conceito de "comunidade" e no fortalecimento do espírito coletivo, deixado um pouco de lado nas últimas décadas. Através desses serviços, são criadas redes de troca e colaboração que podem ser muito benéficas para os participantes e também para o lugar onde eles vivem: juntos, são mais fortes e podem pensar em melhorias concretas para a rua, o bairro ou a cidade onde vivem.

5. Incentivo a uma cidade mais viva
Você já se perguntou por que costumamos gostar tanto das cidades europeias? Com certeza, um dos fatores que chamam a atenção de um brasileiro é a presença de pessoas na rua, a vivacidade desses lugares. É evidente que se tratam de realidades bem diferentes ao comparar São Paulo com Amsterdam, por exemplo, mas também é verdade que quem possui um veículo acaba por utilizá-lo bem mais do que o necessário, o que restringe ainda mais o seu contato com a cidade e com as outras pessoas.

O compartilhamento de carros auxilia na construção de uma cidade com menos veículos e onde estes sejam usados de forma compartilhada.
Estudos sobre carsharing apontam que cada carro compartilhado retira, em média, 13 carros particulares da rua. Apesar do carro compartilhado ser usado por mais tempo e mais vezes durante um único dia do que um carro normal, as pessoas que passam a utilizar estes veículos se tornam usuários "multimodais", ou seja, elas passam a usar outras formas de transporte que não seja o carro, como, por exemplo, metrô, ônibus ou bicicleta, ao invés de utilizar quase que exclusivamente um carro particular.

Recebi essas dicas muito legais da Zazcar, primeira empresa de carsharing da América Latina. A empresa está atuando em diversos pontos da cidade de São Paulo no momento. Os carros podem ser selecionados e acessados a qualquer hora por meio de um processo feito inteiramente através do aplicativo Zazcar para smartphones e Apple Watch.


*este não é um post pago, mas achei muito legal compartilhar!


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

HI Education - Educação para quem quer ir além!

Oi, gente!

No mês de julho recebi um convite para conhecer a HI Education, em Canoas (região metropolitana de Porto Alegre). Descobri que é uma escola para quem quer ir além nos negócios e na vida com base no storytelling, na teoria construtivista e na gamificação, e que surgiu com a demanda dos clientes e parceiros da HI Social Media - empresa especializada em gestão de marcas.

Já amei por isso!

Fundadoras da HI Education - Foto: Dieny Marques

Depois descobri que a siga HI significa Heart + Inspiration. Tem como não me identificar? Acho que não, né?!

Então, no dia 26/07, fui à apresentação da escola! Era uma espécie de aula inaugural! Junto comigo foi um grupo de influenciadores da mídia e de jornalistas. Fomos recebidos com um ótimo café da manhã.  Logo após, fomos convidados a tirar uma foto e provocados a responder “o que me faz decolar”. Esse seria o nosso “passaporte” para embarcar na espaçonave de atividades para construir e contar a história do nosso negócio e da nossa vida. Decolamos!

Foto: RS Bloggers
Passamos uma manhã conhecendo a proposta da escola e participando das atividades propostas pelas fundadoras da escola, Fernanda Albuquerque e Ana Paula Zandoná e as parceiras convidadas da escola, que envolveram design thinking e mindfulness. Achei ótimo!

A programação da Hi Education com os primeiros cursos iniciaram neste mês de agosto, com vagas limitadas a 25 pessoas, com “Mar Azul: a carta náutica do Facebook”, ”Instagram Runway: a passarela para o sucesso” e o mais solicitado: “Ao Infinito e Além: uma viagem ao empreendedorismo”, dedicado a futuros empreendedores que não sabem por onde começar. No rol de temas abordados na escola estão: comunicação e marketing, negócios, finanças, gestão de pessoas e autoconhecimento. – ou seja, assuntos que também abordamos muito por aqui!

Amei decolar! E vamos “para cima enquanto houver além”!

Para conferir o trabalho de HI Education, os cursos e mais informações, acesse o site www.hieducation.com.br.
O endereço da escola é Av. Açucena, 1181, sala 305, em Canoas, Rio Grande do Sul.

Foto: Dieny Marques

Parabéns e muito sucesso à HI Education, que já me identifiquei muito pelo enfoque de inovação na educação!

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Coisas de solteiros... - Dia do Solteiro

Oi, gente!



Você sabia que existe um dia dos solteiros?
É dia 15 de agosto! Nada mais justo, já que existe o Dia dos Namorados e casais casados são eternos namorados...
E por que você nunca ouviu falar sobre isso?
Talvez porque não seja uma data tão comercial assim, afinal quem vai dar presente para um solteiro, não é mesmo?! Hehehe!

Ter um LOVE para chamar de seu é muito bom, mas estar igual à Pabllo Vittar: “linda, livre, leve e solta” também tem seus benefícios! E se não é benefício, ao menos é história pra contar.

Mas aqui vai uma lista de coisas que muito solteiro vai se identificar.

1 – Poder escolher tranquilamente a hora e aonde vai sem ter que combinar previamente com mais ninguém – exceto com a galera toda! Mas se eles também não forem, azar...



2 – Ter sempre comida (vencida) na geladeira, ter que limpar a casa e sempre comer o famoso "soborô" – caso more sozinho.

Prefeito de Porto Alegre postou na sua rede social
3 – Divertir-se em apps de relacionamento – nem que seja só para ver as pessoas. - E encontrar pessoas conhecidas!



4 – Ter “um pedacin pra cada esquema”



5 – Procurar no horóscopo: “será que o meu signo tem a ver com o seu”

Fonte mais confiável EVER!

6 – Assistir Netflix quando quiser, sem ter que esperar para assistir junto.



7 – Comer o que quiser sem ter outra pessoa comentando que aquilo engorda.



8 – E não precisar dividir a comida.



9 – Sair com a galera a noite toda sem preocupações, nem ciúmes desnecessários. Ir para o PVT, depois para o after. E para o after do after.



10 – Ter a resposta na ponta da língua para aquela pessoa que sempre pergunta “e os (as) namoradins?”.



11 - Com certeza a melhor coisa é a liberdade para fazer o que quiser sem a preocupação com aprovação de mais ninguém!



Um brinde a este dia!

Aproveita e comemora com a galera tomando aquela cerveja artesanal, ou aquele brinde de espumante com direito a "cheers!". Outra opção é usar o dia para convidar o crush para comemorar juntos essa data!

E aproveite também esse período para fazer escolhas que melhorem a sua qualidade de vida! 
Mas que, no fundo, quem quiser, encontre um parceiro que entenda que fazer (quase) tudo isso aí é muito legal juntos também! - só não vai ficar procurando gente em aplicativo depois de “casada”, pelamor!

* post escrito com a colaboração de pessoas especiais e com experiência própria, é claro!

Bons Ventos de Prosperidade para o Rio Grande do Sul

Oi, gente!

Na última sexta-feira, dia 11/08, estive na inauguração oficial do Complexo Eólico Pontal da Enerplan, em Águas Claras, Viamão, aqui no Rio Grande do Sul.

Inauguração do Complexo Eólico Pontal - autoridades presentes - foto: arquivo pessoal

O Complexo Eólico Pontal, o primeiro da região metropolitana de Porto Alegre, conta com 25 aerogeradores, totalizando 59,8 MW de capacidade. A nova instalação de energia limpa possibilitará que mais de cem mil toneladas de CO2 por ano - gás causador do efeito estufa - deixem de circular na atmosfera.
A capacidade total de energia da Central Pontal é de 204.546 MWh ano, distribuídos em três, dos cinco parques do complexo. As linhas de transmissão possuem 44 km já construídos pela Enerplan, com possibilidade de expansão do complexo.


Aerogeradores do Complexo Eólico Pontal - foto: arquivo pessoal

A energia gerada é suficiente para o consumo de 140 mil residências, abastecendo em torno de 320 mil pessoas. O município de Viamão tem uma população de 240 mil pessoas, portanto o excedente de consumo é injetado e usado por habitantes de outros municípios vizinhos. A subestação denominada de Viamão 3 - da TESB, empresa controlada pela CEEE-GT - onde os parques se conectam, está integrada com o Sistema Interligado Nacional/Região Sul.

O Complexo Eólico Pontal da Enerplan teve investimento de R$ 330 milhões para a viabilização do parque, cujo potencial poderá atingir os R$ 600 milhões, trazendo benefícios para a região com a distribuição de energia limpa, e contou com o apoio do BNDES, BADESUL e  Governo do Estado do Rio Grande do Sul. "É um momento de grande satisfação realizar a entrega deste investimento, que além da geração de emprego e renda, trabalha em total sintonia com sustentabilidade", avalia Irineu Boff, presidente executivo do Grupo Oleoplan, holding da operação da Enerplan.

Irineu Boff, presidente executivo do Grupo Oleoplan, holding da operação da Enerplan - foto: Renan Abraham
Elbia Melo, presidente da Abeeólica, em seu discurso, falou sobre o crescimento virtuoso do setor em tão pouco tempo, com o Brasil sendo o quinto país que mais investiu em energia eólica, com um crescimento de 55% em 2016 em relação ao ano anterior. Lembrou também que empreendimentos deste porte não eliminam a possibilidade de outras formas de produção na mesma terra.

Em seu discurso, o governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, destacou que "o Complexo Eólico do Pontal simboliza uma mudança de realidade à região e um novo momento na geração de energia". Sartori afirmou ainda, que essa é uma grande vitória para o Estado, que cada vez mais se destaca no setor, e para os empreendedores. Também lembrou que o país ocupa a nona colocação no ranking mundial de capacidade instalada de energia eólica. O secretário de Minas e Energia do Estado do RS, Artur Lemos, defendeu o potencial do Estado na geração de energia eólica. "O RS é privilegiado não só na questão do vento, mas também em logística", ressaltou.

O grupo Oleoplan, é uma empresa brasileira de produção de Biodiesel com unidades no RS e na Bahia. À frente da diretoria executiva dos empreendimentos eólicos do grupo está Rogério Augusto de Wallau.

Estiveram presentes também no evento de inauguração do Complexo Pontal Enerplan, o vice-governador José Paulo Cairoli; as secretárias de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, e do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini; os secretários do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Márcio Biolchi e de Minas e Energia, Artur Lemos; os deputados estaduais Lucas Redecker, Edson Brum e Juvir Costela; o prefeito de Viamão, André Pacheco; a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica, Élbia Silvia Gannoum; o presidente da Fiergs, Gilberto Petry; a diretora presidente do Badesul, Suzana Kakuta; o presidente do BRDE, Odacir Klein; o superintendente Regional da ONS, Manoel Botelho e demais autoridades.

Inauguração do Complexo Eólico Pontal em Águas Claras, Viamão - Foto: Arquivo pessoal

Dados da ABEeólica:

“Os parques eólicos brasileiros decolaram apenas nos últimos seis anos, devido ao desenvolvimento de uma cadeia produtiva local eficiente, com a fabricação em território nacional da maior parte das máquinas e equipamentos utilizados no mercado eólico e o cumprimento pelos fabricantes do prazo para a nacionalização de sua produção, conforme regras de financiamento do Programa FINAME do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES. A geração eólica vem, nos últimos anos, se mostrando fundamental para o sistema nacional. O movimento do governo de desonerar parte da cadeia produtiva do setor foi uma política de incentivo fiscal bem-sucedida e que gerou benefícios claros e mensuráveis para o País. Durante a crise energética de 2015, por exemplo, chegamos a ter 10% da energia vindo das eólicas, colaborando para reduzir os grandes gastos do acionamento das térmicas. Graças às eólicas, o governo economizou mais de R$ 6 bilhões em energia térmica que não precisou ser usada naquele ano.”

No dia do lançamento, tivemos uma "amostra" da matéria-prima dessa energia: naturalmente já venta muito no local, porém naquele dia as condições climáticas resolveram fazer com que ventasse ainda mais. Também fomos recebidos com um maravilhoso churrasco após a cerimônia, o brinde e o descerramento da placa inaugural.

Vinicius Mitto, do blog Bah Guri - Foto: arquivo pessoal

Que este empreendimento traga bons ventos de prosperidade para o estado do Rio Grande do Sul!


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Como comparar as operações financeiras e saber qual é a mais barata

Olá!

Você sabe como comparar as operações financeiras entre elas e entre as instituições?



Quem vai dizer pra gente se uma taxa é boa ou não é o CET: custo efetivo total.

Muitas vezes, levamos em consideração somente as taxas de juros,visto que elas são as mais comentadas, mas esquecemos de verificar se existem outras taxas sendo cobradas para a operação que estamos contratando. Acontece que junto podem estar sendo cobradas outras taxas, tais como: cadastro, impostos, seguros que elevam o custo efetivo total da operação.

Veja mais sobre o assunto neste vídeo:



terça-feira, 27 de junho de 2017

Hoje tem palestra! 1° ENAMEGI - Encontro Nacional Meninas Gigantes

Oi, gente!

Hoje a partir das 19:30 tem palestra online para todo o Brasil no 1° ENAMEGI - Encontro Nacional Meninas Gigantes.

O evento começa hoje até o dia 29/06, quinta-feira e com palestras online e gratuitas com profissionais de diversas áreas de conhecimento!

Ainda é possível se inscrever nesse link: http://bit.ly/2rkNMns



Quanto custa o seu sonho? - Esse é o tema da palestrante Janile Soares, de Porto Alegre.

Use a inteligência financeira para realizar seus sonhos!
Muitos acreditam que a realização de um sonho não tem preço. Vamos falar de dinheiro de uma maneira leve ver como o assunto deve estar presente no nosso dia-a-dia. Descubra o que você precisa para que os seus objetivos possam ser alcançados através da Inteligência Financeira.
Janile Soares é economista, consultora financeira e palestrante, com experiência no mercado financeiro e no setor bancário. É editora do blog A Economista de Batom, que foi criado para compartilhar experiências e conhecimento de forma acessível. É idealizadora do projeto Na Ponta do Lápis de educação financeira, economia doméstica e bancarização, e criadora do Meu Planner Financeiro. Com foco no empreendedorismo, também auxilia no desenvolvimento de novas empresas.



Confira toda a programação do evento:


Mais sobre o ENAMEGI no link do evento no Facebook!

Nos vemos online!


sábado, 24 de junho de 2017

Entrevista para o canal RSBloggers no Youtube


Oi, gente!


O blog A Economista de Batom faz parte da rede RSbloggers, que criou uma série de entrevistas com influenciadores gaúchos no canal do Youtube e a primeira entrevista é comigo!

Que honra! 
Muito feliz por ter participado e por ter a oportunidade de falar sobre o que me motivou a criar o blog, como é ter um e como é o meu trabalho.
Falei um pouquinho da minha participação na economia e como é transitar nesse meio.

Vai lá, te inscreve e assiste!


A série "RSbloggers Influencers" vai trazer periodicamente entrevistas com influenciadores gaúchos, além de profissionais do meio digital e da comunicação.





quinta-feira, 22 de junho de 2017

Pensando agora a gente no futuro



Nas palestras que faço e nas conversas que tenho, é impressionante como as pessoas não curtem falar de um assunto: FUTURO.

É estranho pois todos sabemos que é importante, mas nem sempre damos atenção aos aspectos essenciais para que tenhamos um futuro melhor e seguro - em todos os aspectos.

Lembro-me muito da época em que eu ia para as entrevistas de estágio, ou de emprego, e vinha sempre aquela pergunta da galera do RH: "Como você se vê daqui 5 ou 10 anos?". Confesso que a única certeza era de que estaria formada e sempre "jogava" essa! (Galera do RH, acho que nunca acertei a resposta para essa pergunta, subjetiva demais 😆).

Hoje, quando trato de assuntos relacionados ao futuro, principalmente quando o assunto é financeiro, as pessoas me olham com cara de susto ou com essa carinha aqui: 😳.

Tive a oportunidade de palestrar para jovens de uma escola que estão naquela fase de escolher o curso para o vestibular. É um desafio e tanto falar com jovens de 16 anos sobre a aposentadoria e fazê-los ver que um dia essa época irá chegar.

Acontece que temos uma resistência ao tratar de assuntos quando eles estão distantes no tempo - e isso acontece em qualquer idade. O imediatismo e o impulso em consumir muitas vezes tomam conta das nossas decisões, afinal é melhor ter agora a ter depois.

Leia mais sobre isso nesse post: Imediatismo X Dinheiro no Bolso
E mais esse aqui só porque acho que vai te ajudar também 😊: Em que época do Mês começar?

Além dessa resistência que temos em pensar no futuro, também podemos dizer que não é um hábito pensar nisso, mas já se perguntou se a empresa onde você trabalha recolhe e repassa certinho o INSS? E se não fizer, só lá na hora da aposentadoria que você vai descobrir? 

Vai ter um pessoal que vai me dizer: "mas eu não acredito no INSS". 
Ótimo! Então você já está cuidando da aposentadoria, certo? 💁👍🙌
De que forma? Hoje, além da previdência social, que é nosso direito, temos muitas possibilidades.
A mais comum delas é a previdência privada, mas só ela já não garante bons retornos futuros. 
Existe uma infinidade de aplicações financeiras que podem ser muito bem "substituídas" pela previdência social, privada e ainda deixar de ser chamada de COMPLEMENTAR.

*DICA VALIOSA: nunca assine ou aceite nada que você não tenha entendido 100% como funciona!*

Então pra que esperar mais? Vamos começar já!
Lá na frente vocês vão lembrar desse post!

Qualquer dúvida, sugestão ou crise existencial: aeconomistadebatom@gmail.com

quinta-feira, 1 de junho de 2017

II Mostra Sustentável BPW Porto Alegre ocorrerá dia 07/06

Em um mundo onde o desenvolvimento sustentável precisa cada vez mais de atenção, eventos que trazem essa discussão para o nosso dia-a-dia são criados para responder a seguinte pergunta: “quais os caminhos para o desenvolvimento sustentável?”.

Para tratar sobre este assunto a Comissão do Meio Ambiente da BPW Porto Alegre preparou a II Mostra Sustentável que reunirá pesquisadores para debater conosco a importância da sustentabilidade no Brasil e no mundo, além de expositores que vão apresentar projetos e produtos com este foco.



O evento será realizado no próximo dia 07 de junho no Clube Veleiros (Espaço Vento Sul) e contará com os seguintes painelistas:

Evelise Anicet
Bacharelado em Artes Visuais, Mestrado em Artes Visuais UFRGS, aperfeiçoamento em Design de Moda na The Art Institute of Chicago; Doutorado em Informática na Educação, pós-doutorado em Design de Superfície e de Moda Sustentável, pela UFPR.
- Experiências Profissionais – Professora Associada do Insituto de Artes da UFRGS, pesquisadora e professora orientadora do PGDESIGN-UFRGS, coordenadora dos laboratórios: Núcleo de Design de Superfície e do Núcleo de Moda Sustentável; do Museu Virtual de Moda e Têxteis da UFRGS (em montagem) e sócia do Ateliê Contextura: espaço cultural e moda autoral com intenção sustentável.

Madeleine Muller
Mestre em Ciências da Comunicação (Universidade Fernando Pessoa-Porto,Portugal), Especialista em Moda , Consumo e Comunicação (PUC-RS), graduada em Direito (PUC-RS) e pesquisadora convidada do NMS-Núcleo de Moda Sustentável (Ufrgs). Atua como stylist e produtora de moda em campanhas, editoriais e desfiles de diversas marcas brasileiras, com interesse especial nas questões relacionadas à responsabilidade social e ao consumo consciente.

Natalia Guasso
Formada em publicidade e propaganda, trabalhou em diversos ramos da comunicação e produção. Idealizadora do Brick dos Desapegos.

Priscila Zavadil
Professora no Departamento de Design e Expressão Gráfica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Doutora em Design pela UFRGS, com realização de Doutorado Sanduíche na Escola Superior de Artes e Design em Portugal, Mestre em Design, Especialista em Design de Produto, Gráfico e Informação, e graduada em Comunicação Social pela UFRGS. Experiência profissional nas áreas de Comunicação Visual e Design, coordenando e desenvolvendo atividades como projetos de identidade visual, embalagens, materiais gráficos, promocionais, estamparia e projetos editoriais. Docente nas disciplinas de Design de Embalagem e Processos de Produção Gráfica nos cursos de Design Visual e Design de Produto (UFRGS) Pesquisadora nos temas: design e criatividade, processo criativo e metodologia projetual e estudos aplicados em design de embalagem, design gráfico e sustentabilidade.



Expositores:
Araçá Atelie, Eliana Colognese, Unique Alfaiataria, Atelie Petrel, Juliana Fraccaro, Witte, Mari Chia, Liv Brasil, Colorê Patchwork, Boka Leve Alimento Saudável, Casa I 9, empóriopet®, Do Jeito da Minha Vó Atelier, Eco Lógica, Amuleto de Pano, Tout au Feminin.

Apoiadores
Imobiliária Bento Azevedo
Veleiros do Sul
SEBRAE
Boudoir Folie
Mary Kay
Thayna Brasil Beleza

A Mostra acontece na Semana do Meio Ambiente e tem como objetivo levar ao público pessoas e empresas que vêm trabalhando com o foco da sustentabilidade em seus produtos e projetos.

Após o debate acontecerá um Desfile onde as associadas da BPW e convidadas especiais vestirão as peças dos expositores.

O evento é aberto ao público e os ingressos custam R$ 10,00 + 1kg de alimento ou uma roupa usada + taxa do Sympla para público geral. As doações serão direcionadas a uma instituição pré selecionada. 

SERVIÇO:
II MOSTRA SUSTENTÁVEL BPW PORTO ALEGRE
Dia: 07/06/2017
Horário: Das 18h às 22h
Local: Clube Veleiros do Sul - Espaço Vento Sul
Ingresso: R$ 5,00 para associadas + taxa Sympla | R$ 10,00 + taxa Sympla para não-associadas + 1kg de alimento ou uma roupa usada.
Estacionamento no local

Mais sobre a BPW:

É uma organização não governamental, sem fins lucrativos, apartidária e não assistencial, que agrega mulheres empresárias e profissionais com ideais comuns como: aperfeiçoamento profissional, melhores condições e oportunidades na vida econômica, civil e política do país, eliminação de todos os tipos de discriminação, encorajamento e promoção das mulheres ao mercado de trabalho, troca de experiências e negócios.

Eu participo desta associação como Coordenadora da Comissão de Jovens. É um orgulho participar desta associação mundial com representatividade na ONU!

Sobre o evento, participei da I Mostra Sustentável, ocorrida no ano passado e foi lindo! Desfilei para as empresas que participaram e neste ano vou desfilar novamente.

A Economista de Batom Janile Soares no desfile da I Mostra Sustentável BPW Porto Alegre



Esperamos por vocês!


Proxima  → Página inicial